Natal, que possamos ensinar aos nossos filhos o verdadeiro sentido da vida

 É está chegando mais um 25 de Dezembro, e vem ai mais um Natal.  
Natal dos presentes, das trocas de abraços e sorrisos contentes, Natal dos amigos secretos e das árvores iluminadas pelos pisca-piscas e bolinhas coloridas que refletem esperança no olhar da criança inocente que aguarda o seu presente olhando atentamente para uma figura barbuda e de casaco vermelho chamada de Papai Noel.  Essa crer que “o bom velhinho” nunca vai decepcioná-la, embora ela não saiba que todos os presentes que tem recebido durante os seus belos iniciais anos de vida, não foram trazidos de trenós puxados por renas.  A criança aguarda feliz pela noite em que há de contemplar o seu pedido atendido, pelo presente escolhido. Mas, vem um questionamento em minha limitável mente recheada de boas intenções. As crianças que aqui mencionei que tem os sonhos realizados pelo “Papai Noel” que na verdade são os seus próprios pais que podem pela graça de Deus presentear seus filhos com os presentes que elas escolheram, e essas raramente terão desilusão. E quanto aquelas criancinhas que não tem financeiramente um Papai Noel para agradá-las neste dia 25 como ficam? Não quero aqui destruir o sonho ou propriedade de ninguém a imaginar o que quer, mas apenas quero ressaltar que o natal não é apenas presentes, e sim algo mais profundo. Mediante a figura de um homem de barba e casaco vermelho, um verdadeiro homem bom é deixado em segundo plano Jesus o Cristo! Não há documentos que provam que Jesus nasceu no dia 25 de Dezembro, a Bíblia não diz, e na verdade é pouco provável que O Cristo tenha nascido nesta data. Mas, como essa data foi assim estabelecida como o dia de seu nascimento quase no mundo inteiro, então façamos jus a tal acontecimento!  Vamos dizer para as criancinhas que o Natal é mais que dar presentes, não precisamos iludir os nossos filhos com uma figura que não virá dar-lhes o presente na meia noite do dia 25, apenas conte a verdade, diga a ela que  você é o seu Papai Noel, e o dia em que você não tiver condições de comprar-lhe o presente que pediu, esta não ficará triste ou iludida por não ter recebido. Porem, mais do que isso mostre a ela o verdadeiro sentido do Natal, presente-eia a Jesus e ensine-a quem foi o querido Jesus. Diga que sem “Ele nada do que foi feito seria feito, que Ele é a luz que ilumina o mundo”, diga a sua criança “que Ele é a vida e dar paz na terra aos homens de boa vontade”. Ensine o seu filho a amar Jesus, e tenha a certeza que em todo o dia 25 de Dezembro, mesmo depois que ela já estiver uma pessoa adulta e com seus netos, ela sempre vai te amar ainda mais e agradecer por você ter sido um excelente Papai Noel, e tê-la presenteado-a com o verdadeiro sentido da vida que é Jesus Cristo. Pois, este presente o tempo não pode apagar nem destruir, ela desfrutará para sempre em seu coração os anos de paz que somente a doce presença do Filho de Deus pode nos dar. Presente como esse, somente o amor pode comprar.

Abraços Márcio Nato