Camila e Manfroi II

Os dois grandes e bons amigos, Camila e Manfroi, caminham pelo Parque Barigui na linda Cidade de Curitiba. Camila veste uma camisa azul decotada e uma bermudinha jeans clara, ela tem o seu cabelo preso por uma piranha azul marinho e, os seus óculos escuros deixam o seu rosto ainda mais bonito. Já o amigo, Manfroi, está com seu skate, boné virado para o lado, usa calção e usa uma camiseta listrada. Por incrível que pareça Curitiba tem um dia quente e ensolarado, com os termômetros marcando... 32° graus e, isso é algo incomum para os moradores desta bela Cidade.

Os dois amigos caminham conversando pelo parque, Manfori hora anda de skate e ao mesmo tempo caminha, Camila abre os braços se espreguiça e alonga todo o seu corpo com requintes de elegância a cada passo que dá no decorrer de seu caminhar.

 Eles param debaixo de uma arvore linda e frondosa, Camila respira fundo e observa todos os belos encantos que a natureza tem a oferecer.  “Manfroi”, diz ela. “Sim”, Responde ele, “olha como a natureza é linda e fantástica!”, continua ela.  Manfroi sem compreender a profundidade sentimental da analise de Camila, olha para amiga com a cara de quem nada diz e nada quer, e pensa: “O que há de fantástico numa árvore toda verde?”.

Camila continua a olhar todo o lindo cenário que a natureza tem a oferecer. Ela vislumbra o céu e observa toda a beleza de um firmamento com poucas nuvens, que é brindado por um forte sol quente e dourado. “Manfroi veja que lindo está esse céu, imagine as demais constelações, a Via Láctea deve ser linda!” diz ela. “Via Láctea?”, pergunta ele.  “Sim, você sabe o que é certo?” Continua Camila, “‘Claque’ sim!” diz Ele.

“Não venha dizer que é uma marca de chocolate, Manfroi”, diz ela. “Não, ‘Claque’ Não”, afirma ele. Camila por um instante olha bem para o amigo, que agora assovia e estralando os dedos, e pergunta: “Muito bem Manfroi, então, me diga o que é a Via Láctea?” Ele levanta uma das sobrancelhas e com um sorriso largo no rosto, dispara: “Camilinha minha flor, todo mundo sabe que Via Láctea nada mais é que uma marca de caixa de leite!”, Camila se espanta com a resposta do amigo e diz: “Claro que não Manfroi! Você não foi às últimas aulas nos tempos de escola?”, sem se quer se importar com a correção da amiga e ele apenas responde: “‘claque’ que não. Tinha muita greve e os professores ganhavam mal, então resolvi ficar em casa os últimos de colégios até que se aumentasse com justiça, o salário do professor”.


Poesias & Crônicas de Márcio Nato