O que você escolhe?

Dizem que, "o amor é uma flor roxa que nasce no coração dos trouxas". 

Olha, se for assim mesmo, eu acredito que, embora tenhamos muitas decepções, amargas e constrangedoras, pelo longo percurso de nossa caminhada, é melhor ser um trouxa sincero do que um esperto de coração duro e que traz em seu corpo às marcas dos dardos ardilosos da mentira. É melhor ser um trouxa, com o coração aberto para amar, do que ser um filho (a) da escuridão envolto por nuvens negras. 

Pois, quem não ama não conhece a Deus. Por que, Deus é amor! Essa é a essência real do Governo d`Ele.

Embora possamos sofrer e ficar com os nossos corações estilhaçados, ainda assim, eu escolho ser um trouxa. E, permito que acada dia o meu coração tenha a chance de amar e receber de Deus esse nobre sentimento. E você, o que você escolhe?

Boa noite!

Poesias & Crônicas de Márcio Nato