A História de Francisco de Sousa Neto

Francisco de Sousa Neto tem 73 anos, é aposentado e, mais de cinco anos, trabalha com artesanato.   Ele também desenvolve a arte da pirografia em couros, madeira e também em cortiça.

No entanto, não foi o amor pelas belas obras de arte que o levou a desenvolver esse trabalho. Após receber o beneficio da aposentadoria, o senhor Francisco passou a conviver com alguns problemas de saúde.
A vida do homem que estava acostumado à lida do dia a dia, mudou completamente após se tornar um beneficiário da previdência social.
Francisco, desde então, havia trabalhado duro à vida inteira. E agora, o seu velho corpo tentava se habituar a uma vida menos corriqueira.

O homem acostumado com a labuta diária, agora desfrutava do merecido descanso o qual os seus anos de trabalho duro lhe havia garantido.   Porém, aquilo que deveria ser motivo de lazer e conforto para ele, em pouco tempo tornou-se motivo de preocupação.
Francisco passou a ficar mais tempo em frente a TV, as horas do novo aposentado se tornaram mais ociosas e vazias.  Aos poucos, o tédio e a insatisfação da desocupação tomavam o coração de Francisco.
O homem que gostava de transitar de moto pelas ruas da cidade onde vive, tentava se adaptar a uma nova realidade. Os minutos e os segundos, as horas da vida de seu Francisco não eram mais tão velozes quanto a alguns anos atrás. O aposentado, mesmo que não quisesse, tinha que se acostumar com a ideia de viver uma vida menos agitada.
No entanto, foi essa falta de agitação a falta da companhia do “bom stress”, que fez com que o velho coração de Francisco viesse a quase parar de bater. Numa das tardes, em um certo momento do tempo, seu Francisco enfartou.  Porém, o socorro prestado com eficiência evitou o pior.
Retornando para casa, após o susto vivido, mal sabia ele que mais uma prova ele havia de enfrentar. 
O coração do experiente Francisco havia lhe dado um sinal de que as novas rotinas dos seus dias não estavam ajudando em nada, o idoso de 73 anos. E, não demorou muito para que Francisco viesse a enfrentar uma nova adversidade.
Após o drama do ataque cardíaco, Francisco teve que enfrentar um Acidente Vascular Cerebral. Mais uma vez, agora por conta de um AVC, Francisco retornará ao leito de um hospital.
Em conversa com o médico, Francisco relatou a mudança brusca de comportamento que a aposentadoria lhe trouxe. E o conselho do Dr. foi, “Arrume uma ocupação seu Francisco, saia de frente da TV ou o senhor vai morrer”.
Então, foi quando, seu Francisco, curiosamente, ao ver algumas obras de artesanato se interessou. Por conta própria, ele mesmo começou a desenvolver as próprias obras.
Aos poucos também, foi se envolvendo e aperfeiçoando a arte em pirografar. Ele uniu o útil ao agradável. 
Hoje,  Francisco é um dos artistas mais procurados nas feiras que são realizadas na Cidade de Lages –serra catarinense. Além de ainda de participar de outros eventos, as obras do aposentado já foi parar até na Europa.

O novo trabalho desenvolvido por ele lhe rende uma renda extra além de dádivas de vida e boa saúde.
Poesias & Crônicas de Márcio Nato