Perdoe-me


Perdoa-me por dizer o que não quero, perdoe-me pelo desespero que ocupa meu ser, perdoe-me por dizer palavras que ofendam alguém, perdoe-me pelo modo como enxergo as coisas.

Perdoe-me se falo demais, perdoe se falo o que não devo. Perdoe-me por acusar e querer ser tão certo.

Perdoe-me por apontar os defeitos alheios e procurar ser correto demais, ou responder à altura aos outros quando na verdade deveria me calar.

Perdoe-me pelos erros que eu cometer, ou já fiz por amar com loucura como eu amo Talvez por ser egoísta e honesto. Por procurar estar sempre do lado certo, por receber tantas humilhações e muitas vezes humilhar as pessoas.

Perdoe-me por estar de baixo astral e deixar que outrora meu coração guarde ira e seja errado. Me perdoe, por em meu peito querer aflorar a mágoa, por ser uma pessoa só e não ter com quem desabafar.

Perdoe-me em desejar um verdadeiro amigo, por procurar ser sensato, por enganar a minha própria pessoa pela tristeza que me faz ser frio e dura Pelo sorriso sem vontade.

Perdoe-me por eu ser o que não sou, quando disfarço um amargor, Perdão Pelo desatino da minha vida, da injustiça na qual sou lançado.

Perdoe-me por levar tantos tapas na cara, e ainda ter que sorrir e procurar esquecer. Perdoa os meus erros e também as minhas virtudes, perdoa por eu querer modificar o mundo e desta feita também as pessoas.

Perdoe por eu estar vivo e a procura de novos horizontes, perdoe toda vez que eu descer na minha escalada, perdoa-me por eu estar num mundo bom onde as pessoas não se entendem mais.

Perdoa se tudo isso que eu tento arrumar me torne grosso e que isso não atrapalhe a vida daqueles que amo.

Perdoa por meus olhos enxergarem além do que deviam e sobretudo perdoa-me pelas muitas vezes que chego a duvidar da tua existência.

Perdoa-me apesar de que, mesmo sabendo de tudo isto, eu me alegre por estar sendo iluminado com tua luz espiritual a me envolver em teu amor supremo, e estar vivendo o que vivo agora. Tento tudo isso, na nítida esperança de que um dia eu consiga de alguma maneira merecer o teu perdão e não errar nunca mais contra os que me amam e que eu amo.
Fonte: Mensagens de amor Adptação por Poesias & Crônicas de Márcio Nato